Dicas para os estudos

 DICAS INFALÍVEIS PARA OS ESTUDOS RENDEREM MELHOR

Foto: Midnight Burnout


Está na época de provas? Conta pra gente: como você tem feito para estudar? Hmm, não está se sentindo tranquila e viu que a situação não vai ficar nada favorável para o seu lado? Calma, miga, a gente te entende muito bem. Às vezes, tudo o que nós precisamos é de real concentração na matéria, para ver se conseguimos absorver o significado de cada conceito. O problema rola quando dispersamos, olhamos para um ponto fixo qualquer na parede, ele se torna mais interessante e as informações parecem ficar soltas no ar, incapazes de entrar em nossas cabeças… Sabemos bem como é isso! E é justamente por conta desta compreensão, vez ou outra inexistente, que bolamos cinco dicas especiais que poderão te ajudar. Vem que vem!
  • Crie um “mapa mental”
Fazer um resumo é uma boa ideia porque é uma forma de reunir todas as informações sobre a matéria em uma linguagem de fácil assimilação. Um mapa mental, por sua vez, pode ser ainda melhor. A ideia é pegar uma folha em branco e escrever no meio dela o assunto central do estudo. Depois, você vai ramificando para os lados com os assuntos derivados e suas explicações. Ainda não entendeu? Jogue “mapa mental” no Google para dar uma olhada em alguns exemplos. É um bem útil!
  • Faça perguntas a uma amiga
Tem como você estudar com mais alguém? Ótimo! Pergunte para esta pessoa alguns pontos da matéria e, depois, inverta os papeis. No começo, você pode até vacilar em algumas respostas, mas, com o tempo e a repetição (dizem que o cérebro aprende mais justamente com ela), você vai se lembrando de cada conceito e aquilo começa a fazer sentido, até chegar ao ponto em que as respostas virão fácil. E, ó, não precisa ser só presencialmente não, viu? Também rola fazer perguntas por Skype ou até mandar áudios no WhatsApp!
  • Responda questões no papel
A ideia é fazer praticamente uma provinha. Isso mesmo! Você irá enumerar as perguntas (com um certo espaço de umas quatro linhas para as respostas) e, depois, vai solucionar uma a uma, com paciência. Na primeira vez em que for responder, rola dar umas olhadinhas na matéria de leve, sem copiar o que está escrito, apenas consultando, como se fosse um trabalho. Depois, apague todas as respostas (faça com lápis, tá?) e recomece, sem a ajuda dos livros. A melhor parte desta forma de estudo é que você já estará treinando no próprio papel, o que facilita bastante as coisas.
  • Grave a sua voz
Sabe quando você pensa “ai, queria tanto ter aquela aula de novo!”, mas já é tarde? Bom, não é tão tarde assim. A ideia é usar o gravador de voz do celular ou do seu computador e começar a falar sobre a matéria. Você aperta o “iniciar” e lê as informações sobre os assuntos que estão nos livros de uma forma bem clara, com pausas para maiores explanações e repetições, como se estivesse explicando para alguém tudo aquilo. Rola até imaginar que tem alguém na sua frente te mandando perguntas, tá? Faça isso da melhor forma possível e, depois, escute a sua explicação. Vai ajudar muito e o melhor é que, desse jeito, você pode estudar até quando estiver sem tempo para ler, como no caminho da escola/faculdade, enquanto estiver comendo, antes de dormir… Super válido!
E aí, estas opções te ajudarão? Com a gente deu muito certo, viu? Agora fica por sua conta. Bons estudos e boa prova!
Gostou tem mais lá no blog Depois Dos Quinze

2 comentários:

Deixe o seu comentário e siga o blog para acompanhar as novidades ! Volte Sempre !